Ir direto para menu de acessibilidade.
ATENÇÃO

Você está navegando na versão antiga do portal do IFBA Campus Ilhéus, que está com conteúdo desatualizado.

Clique aqui para acessar o novo portal atualizado.
Início do conteúdo da página

Estrangeirismos em Ilhéus: dá para aceitar? Varal de rótulos em Inglês

Publicado: Terça, 27 de Maio de 2014, 13h37 | Última atualização em Quarta, 26 de Julho de 2017, 13h33 | Acessos: 770

Os alunos do Ifba Pronatec - Unidade Heitor Dias, Turma de Inglês Básico, com a orientação da Professora Catiane Lyrio Rocha, desenvolveram tarefas em sala de aula e em casa através reflexões a respeito dos estrangeirismos presentes na cidade de Ilhéus.

 

Através de um painel com imagens de estabelecimentos na cidade que possuem o nome em Inglês, os alunos fizeram observações e discussões a respeito da origem de cada nome e suas respectivas traduções do Inglês para Português. Perceberam que grande influência a população sofre com relação aos vários estrangeirismos incorporados em nossa língua e que na maioria das vezes fazem uso dos mesmos sem ao menos saber o que significam. Notaram que o uso desses termos são muitas vezes inevitáveis, mais deve-se saber distinguir cada um deles e notar que os mesmos não fazem parte da nossa língua materna.

“Foram coletados rótulos de embalagens variadas e de supermercado que também tivessem alguma descrição em inglês e, ao elaborar um varal em sala de aula com as pesquisas a respeito de cada nome, foi verificado que muitos dos produtos que consumimos e que levamos para a nossa casa ou dispensa, são uma quantidade imensa, muito mais do que imaginávamos, pois muitos desses produtos achávamos que seu nome era em português, por ser algo de uso frequente. O uso do dicionário foi um suporte fundamental para a pesquisa”, afirmou um dos alunos.

“As ações realizadas em sala de aula bem como a de pesquisa em casa ao longo do curso do Pronatec e inseridos como um trabalho paralelo aos conteúdos de inglês básico, fizeram com que os alunos tivessem uma maior reflexão a respeito do inglês presente ao seu redor, em especial na cidade de Ilhéus e um aumento de vocabulário de uso real, para uma maior fixação dos termos.  Este trabalho é algo inacabado, pois há uma infinidade de termos, rótulos e até mesmo nomes de estabelecimentos que ainda poderíamos continuar a estudar”, afirmou a professora Catiane.

O uso de palavras e expressões em inglês utilizadas no dia a dia deve ser um fator de agregação à língua quando não houver palavras semelhantes ao português, e, ao fazer uso dessas palavras estrangeiras, devemos ter a ciência de que esse determinado termo não faz parte efetivamente da nossa gramática do português, mas podemos nos comunicar efetivamente de modo que saibamos que são estrangeirismos, a exemplo do inglês, mas também da inserção de outras línguas.

Clique aqui e veja todas as fotos no facebook:

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página
sosyal sohbet chat intertotobet live sports stream penis buyutme kacak iddaa kartal escort artemisbet giris turkey real estate agent assos otelleri escort bayan kayseri mersin escort bayan bahisnow tubidy agario